Desafio 2

Artefatos inteligentes para a transformação digital do SEBRAE

Como poderíamos ajudar o colaborador do SEBRAE a mapear, qualificar e recomendar soluções internas e de mercado, por meio de artefatos digitais, para realizar entregas de valor mais assertivas e ágeis?


RESUMO DO CONTEXTO

O SEBRAE/PE definiu que seu processo de transformação digital está baseado em três pilares estratégicos: Pessoas, Artefatos Digitais e Cultura. Atualmente, o cliente SEBRAE/PE experimenta falta de assertividade e morosidade na entrega do serviço contratado. Isso é um problema porque o colaborador do SEBRAE/PE tem dificuldade de mapear, qualificar e recomendar soluções internas e de mercado voltadas para os pequenos negócios, o que resulta, para o cliente, em insatisfação com o relacionamento e desistência da compra e, para o colaborador, em burocracia desnecessária com ações operacionais.

QUAL O RESULTADO ESPERADO COM A NOVA SOLUÇÃO?


Diante do contexto detalhado abaixo, pretendemos que a nova solução inovadora entregue um ou mais dos resultados num primeiro momento:

•Aumente a taxa de retorno dos clientes (quando são atendidos duas vezes ou mais), de 35% para 50%, em até um ano.
•Aumente em 50% a taxa de conversão atual, em até um ano, para soluções internas ou de parceiros.
•Aumente a nota média de satisfação (NPS - Net Promoter Score), de 75 para 85, em 2022.
•Diminua o tempo médio de aquisição de produtos pelos clientes: imediato para produtos não personalizados e até 03 dias para produtos personalizados, até dezembro de 2021.

Apresentação do desafio no Challenge Day