Ciclos Anteriores


Conheça as soluções vencedoras do primeiro ciclo do Sebrae Open Innovation:

Desafios do primeiro ciclo

No primeiro ciclo de inovação aberta do Open Innovation SEBRAE contamos com seis desafios desenhados e validados de forma colaborativa com empresários, consultores, estudantes e especialistas. Cada um está associado a uma das temáticas apresentadas abaixo. Confira!

Cronograma/etapas: 1º Ciclo:

Resultados 1º ciclo - fase de Protótipo

Confira abaixo a lista das Startups selecionadas por desafio para avançarem à fase de protótipo:

Desafio 1 – Competitividade do negócio tradicional na economia digital

1Grupo Communicatti
Plataforma desenvolvida para ser um assistente pessoal (concierge) do micro e pequeno empresário, que pode ser acessado de qualquer lugar e horário e que traz insights em cima dos dados da empresa e também funciona como ferramenta que gera aprendizado e evolução para o negócio. Os insights gerados traduzem dados brutos de vendas em inteligência que auxiliarão o empresário na melhor tomada de decisões e trazem apontamentos para a melhoria e aprendizado de diversas áreas da empresa como marketing, vendas, fidelização, atendimento e gestão. Uma ferramenta que une design, humanização e inteligência a favor da melhoria dos micro e pequenos negócios, de diferentes áreas, do Brasil.
2Upulo
Chatbot que funcionará pelo WhatsApp, e visa aumentar as vendas das empresas parceiras, também promovendo uma melhor controle gerencial. A plataforma de gestão funcionará através de um website, para que dessa forma, o empreendedor tenha acesso a métricas importantes no seu negócio como: gestão de estoque, controle de vendas e gerenciamento de carteiras de clientes

Desafio 2 – Artefatos Inteligentes para a Transformação Digital do SEBRAE

1Oncase
Um portal para que pessoas físicas e jurídicas, sendo clientes ou não do SEBRAE, possam fazer um atendimento simples e automatizado através de uma interface de chatbot. Esse atendimento iniciará por um diagnóstico para que uma inteligência artificial entenda o estágio de maturidade e necessidades do usuário afim de recomendar produtos e serviços que poderiam alavancar o negócio do empreendedor para um próximo estágio.
2Visibilia
Sistema de recomendações baseado em Inteligência Artificial (IA) que gere, automaticamente, um ranking das soluções que melhor atendam às necessidades do cliente do SEBRAE, sendo capaz de qualificar quão assertiva pode ser cada uma dessas soluções em função das características, necessidade e objetivos do cliente.

Desafio 3 – MEI mais empresário

1Mabuya Tech
Plataforma Saas na nuvem da Mabuya concentrando todos os dados dos MEIs e interagindo com eles – os MEIs, com os consultores do SEBRAE, com os serviços web disponíveis no SEBRAE e com os serviços web disponíveis nos sistemas dos Governos Federal, Estadual e Municipal.
2Pitang
A solução proposta tem como objetivo principal tornar o MEI um empresário melhor. Para atingir este objetivo de forma ampla, nossa proposta de valor tem o seguinte lema “Empreender de forma simples e ágil” (explicaremos ao longo desta seção), incluindo: 1) Facilitar a jornada do empreendedor; 2) Alavancar negócios; 3) Proporcionar gestão; 4) Gerenciar as obrigações do MEI; 5) Identificar cursos dentro do ramo de atuação.

Desafio 4 – Habilidades Empreendedoras do Jovem

1Happen
A proposta da Happen é oferecer o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, também conhecidas como soft skills, de forma assíncrona e escalável. A solução é uma plataforma chamada Academia Happen, que tem como principal objetivo mapear e desenvolver Soft Skills. Trazendo conceitos que facilitem a aprendizagem do usuário como microlearning, gamificação, ciclo de aprendizagem vivencial. A proposta da solução é oferecer múltiplos formatos de conteúdos, que motivem o usuário de diferentes maneiras. Além de contar com uma área de clube de benefícios, para estimular o engajamento, onde o usuário troca os pontos acumulados na gameficação por prêmios diversos
2Wololo – Role Play Learning
Plataforma com design de rede social e gamificada com metodologia RPL, Role Play Learning. Utilizando um key visual que apresenta um mix de game e rede social a plataforma guia o aluno por um processo de autoavaliação enquanto o desafia a construir o seu personagem, o herói de sua jornada, o seu super empreendedor. Uma vez construído seu avatar, com base em suas respostas, é dado ao usuário a oportunidade de conquistar pontos de experiência e pontos de premiação ao realizar atividades de estudo que promovem seu desenvolvimento

Desafio 5 – Conquista do Mindshare do Jovem

1Joy Education
O Torneio SEBRAE de Inovação, programa de aprendizagem gamificada, online e assíncrona com foco no desenvolvimento de projetos de inovação através da metodologia testada de Challenge Based Learning (“Projetão”/UFPE), articulado com um torneio de pitches para novos negócios, com ênfase no engajamento escalável de milhares de jovens e premiações com foco em mentorias Sebrae. A fase de aprendizagem é baseada na disciplina do CIn (UFPE) conhecida como “Projetão”1, ofertada na plataforma de EAD da JOY. Esta disciplina foi aperfeiçoada ao longo de 20 anos tendo, por um lado, gerado vários negócios de base tecnológica incubados no Porto Digital.

Desafio 6 – Modelagem de novos negócios inovadores

1Fabricando futuros
Plataforma de criação de Organizações Autônomas Descetralizadas (DAOs), que permite usuários empreendedores colaborarem com centenas de profissionais, desenvolvedores e mentores. Cada usuário tem a possibilidade de colaborar com projetos que acredita e criar novos projetos engajando outros usuários ao seu propósito. Cada atividade realizada gera recompensa em criptomoedas da DAO, que funcionam como uma participação societária.
 

Resultados 1º ciclo - fase de MVP

Confira abaixo a lista das Startups selecionadas por desafio para avançarem à fase de MVP:

Desafio 1 – Competitividade do negócio tradicional na economia digital

1Grupo Communicatti
Plataforma desenvolvida para ser um assistente pessoal (concierge) do micro e pequeno empresário, que pode ser acessado de qualquer lugar e horário e que traz insights em cima dos dados da empresa e também funciona como ferramenta que gera aprendizado e evolução para o negócio. Os insights gerados traduzem dados brutos de vendas em inteligência que auxiliarão o empresário na melhor tomada de decisões e trazem apontamentos para a melhoria e aprendizado de diversas áreas da empresa como marketing, vendas, fidelização, atendimento e gestão. Uma ferramenta que une design, humanização e inteligência a favor da melhoria dos micro e pequenos negócios, de diferentes áreas, do Brasil.

Desafio 2 – Artefatos Inteligentes para a Transformação Digital do SEBRAE

1Oncase
Um portal para que pessoas físicas e jurídicas, sendo clientes ou não do SEBRAE, possam fazer um atendimento simples e automatizado através de uma interface de chatbot. Esse atendimento iniciará por um diagnóstico para que uma inteligência artificial entenda o estágio de maturidade e necessidades do usuário afim de recomendar produtos e serviços que poderiam alavancar o negócio do empreendedor para um próximo estágio.

Desafio 3 – MEI mais empresário

1Mabuya Tech
Plataforma Saas na nuvem da Mabuya concentrando todos os dados dos MEIs e interagindo com eles – os MEIs, com os consultores do SEBRAE, com os serviços web disponíveis no SEBRAE e com os serviços web disponíveis nos sistemas dos Governos Federal, Estadual e Municipal.
2Pitang
A solução proposta tem como objetivo principal tornar o MEI um empresário melhor. Para atingir este objetivo de forma ampla, nossa proposta de valor tem o seguinte lema “Empreender de forma simples e ágil” (explicaremos ao longo desta seção), incluindo: 1) Facilitar a jornada do empreendedor; 2) Alavancar negócios; 3) Proporcionar gestão; 4) Gerenciar as obrigações do MEI; 5) Identificar cursos dentro do ramo de atuação.

Desafio 4 – Habilidades Empreendedoras do Jovem

1Happen
A proposta da Happen é oferecer o desenvolvimento das habilidades socioemocionais, também conhecidas como soft skills, de forma assíncrona e escalável. A solução é uma plataforma chamada Academia Happen, que tem como principal objetivo mapear e desenvolver Soft Skills. Trazendo conceitos que facilitem a aprendizagem do usuário como microlearning, gamificação, ciclo de aprendizagem vivencial. A proposta da solução é oferecer múltiplos formatos de conteúdos, que motivem o usuário de diferentes maneiras. Além de contar com uma área de clube de benefícios, para estimular o engajamento, onde o usuário troca os pontos acumulados na gameficação por prêmios diversos
2Wololo – Role Play Learning
Plataforma com design de rede social e gamificada com metodologia RPL, Role Play Learning. Utilizando um key visual que apresenta um mix de game e rede social a plataforma guia o aluno por um processo de autoavaliação enquanto o desafia a construir o seu personagem, o herói de sua jornada, o seu super empreendedor. Uma vez construído seu avatar, com base em suas respostas, é dado ao usuário a oportunidade de conquistar pontos de experiência e pontos de premiação ao realizar atividades de estudo que promovem seu desenvolvimento

Desafio 5 – Conquista do Mindshare do Jovem

1Joy Education
O Torneio SEBRAE de Inovação, programa de aprendizagem gamificada, online e assíncrona com foco no desenvolvimento de projetos de inovação através da metodologia testada de Challenge Based Learning (“Projetão”/UFPE), articulado com um torneio de pitches para novos negócios, com ênfase no engajamento escalável de milhares de jovens e premiações com foco em mentorias Sebrae. A fase de aprendizagem é baseada na disciplina do CIn (UFPE) conhecida como “Projetão”1, ofertada na plataforma de EAD da JOY. Esta disciplina foi aperfeiçoada ao longo de 20 anos tendo, por um lado, gerado vários negócios de base tecnológica incubados no Porto Digital.